"Alfabetizar é preciso"

segunda-feira, 15 de abril de 2013

A Sala de Leitura Ziraldo vem desenvolvendo atividades relacionadas às ações de transformação da nossa UE.
Inicialmente, vídeos foram selecionados para mobilização dos alunos. Neste momento, o foco é a limpeza e conservação da nossa escola.





Os alunos das turmas de 4º e 5º ano, após assistirem ao vídeo, discutiram sobre a situação da limpeza da escola, quais os pontos que merecem mais atenção, o que causa a sujeira, as consequências. O objetivo da discussão foi que detectassem os problemas e apresentassem soluções.



Após a discussão, eles escreveram sua opinião e deram sugestões que estamos postando, uma vez que "Minhas Impressões" é o espaço do nosso blog que oportuniza aos alunos demonstrarem o que pensam sobre diversos assuntos.




"Eu acho errado jogarem o lixo no chão porque pode fazer mal para todos", escreveu a aluna Laizza, da turma 1404.
 Iara concorda e completa: " Não se deve fazer isso porque é muito feio. Pode causar doenças e fazer mal às crianças e adultos." 

Já Eduarda pensa que os alunos tem responsabilidade no mau uso do espaço escolar, assumindo que suas atitudes também são erradas e reconhecendo o trabalho dos garis, responsáveis pela limpeza: " Os alunos, principalmente eu, estão jogando muito lixo no chão, copo de refrigerante no chão do refeitório, desperdiçando água. Os garis não deixam sujo porque eles querem o bem dos alunos." Laizza também reconhece que "(...) se a gente não jogar lixo no chão daremos menos trabalho para quem limpa."

Larissa sugere "(...)que converse com os alunos para jogar o lixo na lixeira certa, no refeitório. Quando fizer um trabalho de cortar, jogar o papel na lixeira. (...)"

Jonatan lembrou: "Se acumular lixo vão aparecer insetos." e sugere "Jogar lixo na lixeira. Eu posso lembrar ao meu colega para jogar lixo na lata de lixo.(...)"





Alguns alunos da turma 1503 lembraram que a família tem papel importante na formação dos hábitos "As crianças devem ser ensinadas em casa para quando chegarem na escola saberem usar o banheiro" escreveu Juliene. 
Na opinião de Gabriela, as crianças pequenas merecem atenção,  "Para manter a escola limpa nós devemos ajudá-las e ensiná-las a não sujar o chão. Como são crianças, elas pensam que podem fazer a sujeira porque alguém vai limpar."

Vitor lembrou das brincadeiras que acabam deixando as salas sujas. "O pessoal faz as coisas por brincadeira, mas essa brincadeira vai longe demais. Deixam a torneira do bebedouro aberta, da pia do banheiro, "tacam" bolinha de papel molhado no azulejo (...)"

Todos reconhecem que tem sua responsabilidade na conservação da escola e sugerem um trabalho de conscientização para que alunos cumpram a sua parte, jogando o lixo nos lugares certos, evitando sujar refeitório e salas de aula.


sexta-feira, 12 de abril de 2013

Educação e Respeito = Transformação



Nesta semana, iniciamos um Projeto, com o objetivo da valorização do ambiente escolar, como um espaço de aprendizagem de educação para transformação. Compreendemos que a transformação se dá a partir da educação e do respeito por si, pelo outro e pelo meio ambiente.

Inicialmente, foram selecionados os alunos "Agentes Transformadores", cuja missão é conscientizar os colegas da necessidade do cuidado com a escola que é de todos.



Na Sala de Leitura, os "Agentes Transformadores" receberam suas viseiras com o símbolo da ação de transformação.


Eles visitaram as salas a fim de esclarecer o que é o Projeto.



A 1ª etapa teve como foco a conservação e limpeza dos espaços da escola. Foram exibidos vídeos e fotos para demonstrar o quanto é importante a manutenção da limpeza.

A partir da discussão sobre a situação da limpeza da nossa escola, foi pedido aos alunos que dessem sua opinião sobre o assunto e que sugestões  tinham para auxiliar na conservação da limpeza, uma vez que todos concordaram que os "garis" fazem a sua parte.




Turmas elaboraram cartazes para a campanha de conscientização da necessidade de todos colaborarem para a manutenção de um ambiente limpo e saudável em nossa escola.
 










sexta-feira, 5 de abril de 2013

BIORIO

Nossa UE recebeu  o Programa BIORIO como uma das ações voltadas para a saúde de nossos alunos.


 O BioRio iniciou no ano de 2012, quando uma equipe esteve em nossa UE para avaliar a visão e a saúde bucal de nossos alunos.



Dando continuidade ao programa, aqueles alunos que necessitaram de um exame mais profundo foram atendidos nesta 5ª e 6ª feira



 


Nossa comemoração pascal foi muito animada.
Já na entrada da nossa escola, trabalhos referentes a Páscoa estavam em exposição.





 

A professora Riselda, do 2º Ano, preparou a dramatização da Lenda dos Ovos de Páscoa para as turmas da Educação Infantil, que procura explicar porquê o coelhinho é o mensageiro da Páscoa.

"Jesus caminhava pela floresta quando ouviu um choro. Era a coruja que tinha perdido seus ovinhos.
 

Penalizado, procurou a ajuda dos animais da floresta, mas todos estavam muito ocupados e não quiseram ajudar.





O coelho foi o único animal que foi solidário. Arrumou ovinhos com outras aves, suas amigas, e deu-os a Jesus para que presenteasse a coruja.
Comovido, Jesus disse ao coelhinho que, daquele dia em diante, ele seria o mensageiro da Páscoa distribuindo ovinhos coloridos como símbolo do amor ao próximo."




Ao terminar a apresentação, o coelhinho distribuiu chocolates para as crianças, cumprindo o seu papel. 




 A professora Andrea Lana, de Artes, preparou uma apresentação de uma música, com a turma  EI 23 e de um "rap" com a turma 1502, para desejar a todos uma feliz Páscoa.


As turmas do PEJA, 171 e 191, se reuniram no auditório da nossa UE para celebrar este momento tão especial que é a Páscoa.



A Profª Ana Lucia, da turma 171, com alguns alunos que seguravam os símbolos da Páscoa, iniciou a comemoração explicando o significado de cada um enfatizando a importância de viver no dia a dia esses valores tão enfatizados nesta ocasião.



Logo após a turma 191, da Profª Marcelle, organizou um grande coral que cantou a música "Jesus Cristo" - Roberto Carlos.



Em seguida foram para a Sala de Aula e fizeram a troca de chocolates e de cartões com uma mensagem de Feliz Páscoa.