"Alfabetizar é preciso"

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013



"O velhinho sentou-se num tronco e suspirou:
- Ai, Ai!

O papagaio xereta quis saber logo:
- Quem é você, vovô, e porque suspira?

- Sou o Ano Velho, meu louro. e suspiro porque trabalhei demais durante as quatro Estações: no outono, com tempo feio e bonito; no inverno, com frio e garoa; na primavera, com sol e neblina; no verão, com chuva e calor. E estou muito cansado. Ai, ai...

Os bichos da floresta vieram chegando, curiosos. A formiga que era muito trabalhadeira, falou:
- Eu nunca me queixo do trabalho, Ano Velho. Acho que trabalhar é bom.
- É bom mas cansa, disse o Ano Velho. - Ainda mais quando se trabalha doze meses sem parar, e só se recebe em troca tristezas e aborrecimentos.

O macaco que era um otimista, protestou:
- Coisas ruins o tempo todo, não pode ser! Aposto que entre as coisas ruins havia também uma porção de coisas boas e alegres!

E a raposa, esperta como sempre, sugeriu:
- Faça uma coisa, Ano Velho: chame todos os meses do ano que passou, para cada um mostrar seus dias alegres e festivos.

- Boa ideia! , gritaram os bichos, e o Ano Velho concordou:

-É mesmo. Quem sabe eu, tão cansado, me esqueci das coisas boas. Vou chamar os meses, um por um, e este desfile vai me ajudar a passar o tempo, enquanto espero pelo Ano Novo, que vem me substituir.

E o Ano Velho pigarreou para limpar a garganta e chamou:



- Presente! Sou o primeiro mês do ano e a Equipe e funcionários já estavam a todo vapor, preparando a Escola para o retorno de alunos e professores!


- Cá estou eu!, gritou Fevereiro. Sou o mês mais curto do ano, mas a sou bem alegre pois trago de volta alunos, professores e todos estão cheios de planos, de ideias, combinando as regras de boa convivência na escola!!!


Março entrou:
- Sou o terceiro mês da turma, o mês do Aniversário do Rio, do Dia Internacional da Mulher!




- Abril!
- Sou o número quatro, já começo alegre: Primeiro de Abril, brincadeiras mil! Trouxe Projeto "JC 46 anos Trabalhando Valores, Formando Cidadãos", o Dia do Índio, o teatrinho do Descobrimento do Brasil, a comemoração da Páscoa!




- Cá estou eu! Sou Maio, o lindo, dos dias luminosos, do Dia das Mães, do Salão do Livro!!!





- Eu sou o número seis, metade do ano! Sou o mês do Dia Mundial do Meio Ambiente, do Aniversário da João de Camargo!




- Sou mês do recesso escolar e antes deste descanso, fizemos a nossa Festa Julina, com muita dança e animação!




- Sou o número oito. Agosto nada de desgosto! Comemoramos o Dia do Papai, participamos da Semana da Educação Infantil e comemoramos o Folclore!




- Sou um mês muito cívico, trago a Semana da Pátria! Também visitamos a Bienal do Livro e comemoramos a chegada da Primavera!




- Outubro! Sou um mês muito festivo, do Dia da Criança, do Dia do Professor! E também do Centenário de Vinícius de Moraes, o Poetinha!! A Maratona de Histórias bombou com a apresentação de poemas de Vnícius e com a visita da escritora Patrícia Barboza.







- Sou um mês importante, comemoramos o Dia da Consciência Negra, fizemos a passagem do Pelotão da Bandeira!






- Dezembro chegando!! Sou último mês do ano, sou muito esperado, trago a festa do Natal, minha gente! E no Meu último dia entra o Ano Novo, cheio de alegria, carregado de promessas! E Aí vem ele! Respeitável público, apresento-lhes ... O ANO NOVO!

E o Ano Velho sorriu, contente, porque ele podia descansar. E todos bateram palmas e pularam e gritaram:

- Viva o Ano Novo! Seja bem-vindo! Vivaaaaa!

E nesta hora todos se reuniram, inclusive nós da Escola Municipal João de Camargo, para comemorar
o ano que passou, as vitórias que tiveram e para renovar a alegria,a felicidade e a esperança.




























(Texto Adaptado da obra de Tatiana Belinky, As Coisas Boas do Ano)

Nenhum comentário:

Postar um comentário