"Alfabetizar é preciso"

segunda-feira, 3 de junho de 2013



É no brincar que a criança comunica-se consigo e com o mundo, descobre e aceita o outro, estabelece relações sociais, constrói conhecimentos. É na brincadeira que ela reproduz o seu cotidiano através da fantasia e da imaginação, exercita a criatividade e adquire autonomia.



"Ao brincar, a criança experimenta o poder de explorar o mundo dos objetos,das pessoas, da natureza e da cultura, para compreendê-lo e expressá-lo por meio de variadas linguagens."(KISHIMOTO, 2010 p.1)





 Numa época de brinquedos industrializados que incentivam o consumo e a utilização da tecnologia dos computadores, construir o próprio brinquedo é uma atividade que estimula a imaginação, oferece a alternativa da reciclagem, o uso de materiais diversos, contribuindo na conscientização de alternativas que não agridam o meio ambiente, além de poder ter um brinquedo diferente do outro.



As professoras das turmas de Educação Infantil puderam contar com a participação da Professora de Artes na hora de brincar.


                                                                                                                                                                         
                                                                                                                                    


As turmas aproveitaram muito o Dia do Brincar.

  
 E a turma da Professora Paula Oliveira entrou na roda, um resgate de brincadeiras que quase não vemos mais.

 
  video

 A Professora Eliene recebeu os pais e os convidou a participarem das brincadeiras.




Felizes, as crianças levaram seus fantoches para continuarem a brincar em casa.





Webgrafia:

KISHIMOTO, Tizuko Morchida - Brinquedos e Brincadeiras na Educação Infantil, in ANAIS DO     I SEMINÁRIO NACIONAL: CURRÍCULO EM MOVIMENTO – Perspectivas Atuais - Belo Horizonte, novembro de 2010
portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&task..
Acesso em 03/06/2013

  

Um comentário:

  1. Encontrei este espaço do João de Camargo. Fiquei tão feliz por relembrar momentos como mãe de aluna...Não resisto e vou deixar um depoimento... Minha filha caçulinha estudou aí, na turma do antigo CA, com a tia Celise, se não me engano. Participei o mais que pude, apesar do pouco tempo, eu trabalhava muito. Meu objetivo e de meu esposo era proporcionar educação de base aos nossos filhos. E nós conseguimos com a graça de Deus. Hoje, a nossa Thainá Castro costa é doutoranda em memória social pela Universidade Federal de Juiz de Fora e concursada para lecionar em turmas de museologia pela Federal de Santa Catarina. Thainá estudou somente em colégios públicos, na graduação, passou para tres universidades federais, escolheu Museologia na UNIRIO, mestrado tb lá e está no doutorado aos 25 anos, mas a base veio da parceria que encontrei aí, na alfabetização. Obrigada.Guardo deste colégio a alegria com que ensinaram minha
    menina. Gostaria muito de ter acesso ao relatório que possam ter dela, gostaria de fazer-lhe uma surpresa agora que está prestes a embarcar para Florianópolis para assumir sua pasta como professora universitária. Seria possível? Aguardo uma resposta. Meu tel TIM é 8204-7811 ou 2580-3705 meu email é marcilene.castro@yahoo.com.br
    Conheço a profª Vilma Moço pois ela congrega na mesma igreja que eu e pode me dar uma resposta de vcs. Gde abraço e parabéns!!!!

    ResponderExcluir